Nos Acompanhe !

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) dará início, no dia 14 de fevereiro, à Campanha da Fraternidade 2024! O tema do ano “Fraternidade e amizade social” e o lema “Vós sois todos irmãos e irmãs” (Mt 23,8).

De acordo com o secretário executivo de Campanhas da CNBB nacional, padre Jean Poul Hansen, o tema da campanha deste ano foi escolhido há dois anos, no início de 2022:

“A campanha da fraternidade, há 60 anos, é um projeto nacional de conversão pessoal, comunitária e social que a Igreja do Brasil propõe às pessoas de boa vontade no tempo na Quaresma. Onde nenhum outro projeto da CNBB chega, a Campanha alcança”, afirma.

A abertura oficial acontecerá na Quarta-Feira de Cinzas, em Brasília, na sede da CNBB e também no Santuário Nacional de Aparecida, em São Paulo no dia 18 de fevereiro, primeiro domingo da Quaresma.

Inclusive, a Quaresma é o tempo propício para colocar em prática as propostas da Campanha da Fraternidade. Isto porque é o momento em que nos voltamos para Deus e para o outro, não apenas com intenções, mas com ações concretas.

Agora, fique por dentro da Campanha e descubra como o carisma palotino está presente, com toda a Igreja, no incentivo à vida fraterna. 

Tudo começa pela fraternidade

A Campanha da Fraternidade surgiu de uma iniciativa de Dom Eugênio de Araújo Sales, em Nísia Floresta, Arquidiocese de Natal – RN. Trata-se de uma expressão da caridade e da solidariedade em favor da dignidade da pessoa humana, dos filhos e filhas de Deus.

Sua proposta era tão autêntica que foi assumida pela Igreja no Brasil, e tornou-se expressão de comunhão, conversão e partilha. De fato, a vida humana começa e termina pela fraternidade, e Cristo deixou isso claro através do mandamento do amor.

A comunhão busca a construção de uma verdadeira fraternidade; a conversão, na tentativa de deixar-se transformar pelo Evangelho; e a partilha, como expressão do Reino de Deus que se apoia na salvação oferecida por Cristo Jesus.

Segundo os registros da CNBB, a Campanha da Fraternidade tem hoje os seguintes objetivos permanentes:

  • Despertar o espírito comunitário e cristão no povo de Deus, comprometendo, em particular, os cristãos na busca do bem-comum;
  • Educar para a vida em fraternidade, a partir da justiça e do amor, exigência central do Evangelho;
  • Renovar a consciência da responsabilidade de todos pela ação da Igreja na evangelização, na promoção humana, em vista de uma sociedade justa e solidária.

Dessa forma, existem muitos preparativos, palestras, subsídios, orações, cantos e a coleta da Campanha que é realizada como um dos gestos concretos de conversão quaresmal, entre outras ações que dão visibilidade ao tema sugerido a cada ano. 

Campanha da Fraternidade 2024

Este ano de 2024 marca os 60 anos de mobilização da Campanha da Fraternidade em todo o Brasil. O tema escolhido para a ocasião é “Fraternidade e amizade social” e o lema “Vós sois todos irmãos e irmãs” (Mt 23,8).

O tema foi inspirado na Encíclica do Papa Francisco, Fratelli Tutti. De acordo com Dom Ricardo Hoepers, a Campanha reflete a preocupação do episcopado brasileiro em aprofundar a fraternidade como contraponto ao processo de divisão, ódio, guerras e indiferença que tem marcado a sociedade brasileira e o mundo.

Por isso, a Fratelli Tutti é uma inspiração, porque a fraternidade, o respeito à pessoa humana, a capacidade de relacionar-se, o diálogo etc. são fundamentais hoje. E, ao mesmo tempo, são um grande desafio para a sociedade e o mundo. 

O texto base é o principal material da campanha e explica bem sua essência. Conforme a editora, “ele propõe despertar, de acordo com o tema e o lema, a beleza da fraternidade humana aberta a todos, para além dos nossos gostos, afetos e preferências, em um caminho de verdadeira penitência e conversão”.

Objetivos da Campanha

O objetivo geral da Campanha é “despertar para o valor e a beleza da fraternidade humana, promovendo e fortalecendo os vínculos da amizade social, para que, em Jesus Cristo, a paz seja realidade entre todas as pessoas e povos”. 

A fraternidade, para o cristianismo, tem seu fundamento no amor Ágape, cuja fonte é o próprio Deus (cf. 1Jo 4,8). Logo, o tema da Campanha da Fraternidade 2024 é uma proposta de humanismo solidário, em contraste ao ódio, à violência e à indiferença que marcam as relações atuais. 

As iniciativas trazem o convite a um amor que ultrapassa as barreiras do tempo e do espaço (cf. FT, n. 1), nos desperta para a comunhão e solidariedade, mostrando que a conversão passa pela experiência da humildade, da aceitação do outro e da alegria do encontro que vem da ressurreição.

Há também uma proposta que gera a cultura da paz entre os povos, nas relações humanas. Visto que o mundo enfrenta tantas guerras, em tantos lugares e periferias geográficas e existenciais, e ninguém fica de fora de suas consequências.

O cartaz da campanha

O cartaz da Campanha da Fraternidade 2024 foi criado pelos jovens de Brasília (DF) Samuel Sales e Wanderley Santana, e apresenta o cenário da comunidade como uma casa, espaço em que se acolhe os irmãos e irmãs para a partilha do alimento e da vida.

A mesa, ao redor da qual todos se encontram – indígenas, negros, brancos, homens, mulheres, gestantes, crianças, jovens, cadeirantes, adultos e idosos – remete ao sacramento da amizade de Deus com a humanidade.

O símbolo maior da comunidade é a celebração da fé ao redor de uma mesa, com pão, vinho e fraternidade. Os alimentos na mesa, típicos da dieta mediterrânica, recordam as refeições de Jesus. As janelas apontam uma casa aberta aos desafios do mundo e da realidade. 

Entre eles está o Papa Francisco com sua bengala. Essa imagem explica aquele que assume suas limitações e propõe ao mundo a amizade social por meio de sua Encíclica Fratelli Tutti. 

Somos todos irmãos rumo ao mesmo céu!

São Vicente Pallotti deixou grandes ensinamentos para a humanidade a partir de sua experiência com a Misericórdia Divina, seu amor aos pobres e seu serviço a todas as pessoas.

Mas, principalmente, fez uma grande ponte entre a Igreja e os leigos, batizados ou não, levando os ensinamentos de Cristo, Apóstolo do Pai, para todos. Despertando, assim, em cada pessoa a consciência de sua filiação divina e a capacidade de colaborar com o Reino.

Dessa forma, o carisma palotino se alegra em colaborar com a Igreja na difusão da proposta da Campanha da Fraternidade deste ano. Nosso fundador sempre trabalhou incansavelmente pelo diálogo, solidariedade e o serviço comum.

Somos todos irmãos, temos o mesmo Senhor, um único Pai, uma casa comum – o planeta – e o mesmo destino: a eternidade. Logo, ao darmos as mãos, resgatemos o homem, objeto da bondade divina, como nosso irmão e companheiro nessa longa estrada. 

Veja como é importante cuidar de si: Saúde mental: 5 dicas para um 2024 mais leve! – Irmãs Palotinas

Últimos adicionados

Pentecostes e o Carisma Palotino

Como a maternidade de Maria a tornou Rainha dos Apóstolos