Nos Acompanhe !

A vida de oração é mais importante que a própria respiração do corpo, uma vez que, quando um dia não respirarmos mais, viveremos do encontro com Deus que cultivamos nesta terra e das sementes de amor que plantamos ao longo da nossa jornada.

E o Catecismo da Igreja Católica nos diz que “a oração é a vida do coração novo e ela deve nos animar a cada momento” (CIC nº 2697). Podemos, então, nos perguntar: qual a programação que tenho para minha espiritualidade neste novo ano? 

Já que a oração é fundamental, então não devemos nos esquecer de colocá-la em nossos planos para 2023. Por isso, confira neste post algumas dicas!

 

O que é vida de oração?

 

Antes da programação para uma vida de oração, vamos recordar o que é a oração. De forma bem simples, a oração é um diálogo íntimo com Deus e acontece porque cremos no Seu amor e no Seu cuidado para conosco.

É interessante que a oração se apoia na certeza de que sou amado(a), apesar do meu pecado e infidelidade. Logo, a oração não é mérito nosso, mas do infinito amor de Deus por nós. Assim, a pessoa mais importante nesse relacionamento é Deus.

Se é assim, então não há motivos para deixar de rezar, de dialogar com Deus, de falar sobre tudo com Ele, desde as alegrias até as nossas frustrações e temores, porque Ele é o maior interessado em compartilhar nossas vitórias e desafios diários.

E quando temos uma vida de oração, somos mais otimistas e persistentes diante das dificuldades da vida, porque sentimos a presença divina dentro de nós e a oração é como uma mão que nos levanta e nos conduz no caminho certo. 

 

A importância da vida de oração

 

Você sabe quando alguém percebe que a oração é o eixo central da nossa vida? Quando terminamos de rezar! Isso mesmo! Há pessoas que fazem muitas orações, mas não demonstram qualquer mudança de vida, não se deixam tocar pela presença de Deus.

Portanto, fazer oração é diferente de uma vida de oração, porque a oração é o encontro com “Quem” transforma nossa vida, e, se temos a oração na vida, somos diferentes, trazemos os sentimos de Cristo, não agimos por nossos impulsos naturais.  

É importante também considerar que quando temos a oração na vida, não significa que passamos o dia rezando e abandonamos nossas responsabilidades e afazeres, nem os religiosos contemplativos vivem assim, porque eles trabalham e rezam diariamente.

Portanto, manter uma vida orante é mais importante que rezar de vez em quando, porque mais do precisar de Deus, teremos sua amizade em qualquer situação, e ser amigo de Deus, ter comunhão com Ele, vale mais do que qualquer riqueza do mundo.

 

Planejamento da oração para a vida em 2023 

 

Bento XVI, em uma de suas catequeses, nos disse: “A oração é sempre a atitude constante dos discípulos de Cristo, isto é, aquela que acompanha a vida cotidiana em obediência à vontade de Deus”.

Então, como manter essa fonte preciosa de bens espirituais e materiais jorrando na nossa vida, para que 2023 seja o ano da graça do Senhor? Aí vão três dicas infalíveis:

#1 Rezar a Palavra de Deus: Para isso, programe o melhor horário do seu dia, não precisa ser longo, mas diário; muitos aplicativos têm a liturgia diária até com comentários. Faça a oração ao Espírito Santo, leia e reze com a mensagem que mais tocar seu coração.

#2 Fidelidade às orações Marianas: A primeira delas é o santo terço, mas se não for possível, há também o Ofício da Imaculada Conceição ou a Salve Rainha rezada de coração. A Virgem Maria é presença indispensável para cultivar a vida de oração.

#3 Sagrada Comunhão: A Eucaristia é o ápice da nossa oração, o maior dos sacramentos. Logo, procure a adoração às quintas-feiras e pelo menos a Missa dominical, o centro de toda semana. Sem eucaristia não há espiritualidade segundo a vontade de Deus.

 

Para que serve um planejamento de oração?

 

Sabendo do significado da oração, sua importância e das dicas para crescer nessa prática, a gente se pergunta: por que planejar uma vida de oração durante o ano de 2023?

A resposta nos deu Bento XVI: a fim de viver a vontade de Deus! Vontade esta que se orienta para nossa felicidade, para o nosso bem.

Então, se buscamos a felicidade em união com a vontade de Deus, coloquemos a oração em nossa programação de vida e, mesmo que não alcancemos os objetivos desejados, seremos consolados e fortalecidos pelo amor de Deus.

 

Quem tem um amigo, encontrou um tesouro

 

Por fim, a vida cristã é marcada pela fraternidade, cultivamos a comunhão uns com os outros, na terra e no céu. Assim, podemos contar com a ajuda do santos de nossa amizade. E para uma vida de oração, há grandes exemplos de santos que podem nos ajudar.

Por exemplo: Santa Teresinha do Menino Jesus, Santa Teresa D’Ávila, Santa Teresa de Calcutá e com certeza há os santos de sua devoção particular! Então, que tal eleger um deles para caminhar ao seu lado em 2023? Assim, a oração se transformará em vida! 

 

 Gostou desse conteúdo? Confira este: Marketing personalizado: Como ele pode contribuir na evangelização? – Dominus Comunicação

Últimos adicionados

Por que Maria é chamada Esposa do Espírito Santo?

Pentecostes e o Carisma Palotino