Nos Acompanhe !

gentileza

Dia Mundial da Gentileza: 10 atitudes cristãs para celebrar a data

A gentileza é uma atitude nobre! Poucos a praticam, mas agrada a todos, não é verdade? Ela é tão admirada e necessária que ganhou até um dia no calendário mundial:13 de novembro! Mas por que ser gentil e qual a importância desse comportamento?

Continua neste post que a gente explica melhor!

 

O que significa gentileza?

 

Essa palavra vem do latim gentilis, trazendo uma ideia de nobreza, de bem-tratar os outros. É o mesmo que amável, delicado, atencioso. Logo, a gentileza é uma forma de atenção, de cuidados, que torna os relacionamentos mais humanos, com menos rispidez.

Mas gentileza não é apenas educação. Educação é uma obrigação de toda pessoa, faz parte do código de ética da boa convivência em sociedade. Já a gentileza está ligada à capacidade de ser agradável, sem superficialidade. É uma virtude que brota do interior.  

 

Mas por que celebrar um dia só para isso?

 

Essa ideia surgiu em 1997, durante um congresso de Tóquio, quando o Small Kindness Movement of Japan reuniu e apresentou diversos grupos, de diferentes nações, que mantinham em seus países movimentos e ações de gentileza. 

Então, pensou-se em incentivar grupos em todo o mundo com o objetivo de promover mais gentileza e assim espalhar esse atributo no dia a dia das pessoas, ao mesmo tempo conectar mais inspirações, culturas e nações.

 

Importância da gentileza

 

“As palavras gentis são breves e fáceis de dizer, mas o eco delas é eterno” (Madre Teresa de Calcutá).

Com certeza, Madre Teresa aperfeiçoou a gentileza na escola de Jesus, porque o Senhor era agradável a todos, sem discriminação de pessoas.

Da mesma forma, quem pratica a gentileza o faz independente de critérios, julgamentos ou cobranças. Quando se é gentil, não melhoramos apenas a vida do outro, mas oferecemos o que há em nosso interior, na essência da vida humana e cristã. 

E essa atitude repercute demais nos relacionamentos, como disse a santa, e espalha a semente da gentileza por onde passa. Normalmente, são pessoas que fazem pequenos gestos com simplicidade, autenticidade e mudam o ambiente que frequentam.

Por exemplo, cedem o assento no coletivo, agradecem, elogiam, dão passagem para o carro que precisa trocar de faixa, dão um copo de água, um pedaço de pão, levam nossas sacolas pesadas etc. de maneira leve e gratuita. Parece difícil? Veja como é possível!

 

10 atitudes gentis

 

De fato, o dia Mundial da Gentileza é muito importante, porque a prática dela melhora o dia de quem recebe e explica um pouco de quem a oferece. Mas podemos adquirir a gentileza, basta exercitá-la, por isso preparamos 10 atitudes gentis para crescermos nesta virtude.

#1 Dar atenção ao outro

Não importa o tempo, mas o olhar e atenção de qualidade, isso fala sobre gentileza.

#2 Elogios espontâneos 

Atitudes amáveis incentivam comportamentos positivos, elogios e otimismo. Então, use mais dessas palavras que têm um grande valor na convivência.

#3 Empatia é sinônimo de gentileza

Por trás de uma atitude gentil, muitas vezes há a habilidade de entender o que o outro está passando e, portanto, oferecer um cuidado ou uma atenção especial.

#4 Ser amável no trabalho

O trabalho é por vezes o lugar da tensão, das cobranças e do estresse. Então, a gentileza ajuda a quebrar um clima hostil. 

#5 Fazer o bem a si mesmo

Todo bem que se faz volta para quem o praticou. Assim, quem age com gentileza cativa a sensação de bem-estar, confiança, compaixão, felicidade e cooperação.

# 6 Falar a verdade de maneira suave

A verdade já é dura demais. Porém, se usarmos palavras gentis, ela será bem acolhida, ainda que doa quando for comunicada.

#7 Pronunciar palavras gentis

Agradeça, peça licença e perdão. Essas três ações são fundamentais na família, nos relacionamentos em geral e na sociedade. Elas sempre abrem caminhos de diálogo e recomeço, atitudes constantes na vida humana e cristã.

#8 Oferecer ajuda

Seja na vida pessoal ou profissional, sempre ofereça a sua ajuda quando sentir que é necessário. A gentileza tem ações concretas. Não significa resolução do problema, mas a simples preocupação já diminui o fardo de alguém.

# 9 Não esperar nada em troca

A gentileza não é um mercado, uma troca de favores, mas uma atitude espontânea, chega a ser uma ascese, um exercício de desprendimento, sem esperar nada em troca.

#10 Reconheça os valores das pessoas

Já falamos sobre elogios. Agora, aqui é o reconhecimento de ações, esforços, projetos, vitórias na vida profissional e pessoal. A gentileza espanta a inveja e reconhece as conquistas do outro.

 

Maria, um exemplo de gentileza!

 

É impossível não citar a Mãe de Deus quando se trata de gentileza. Nas Bodas de Caná, em meio a tanta gente, ela percebeu que o vinho acabou! Que gesto nobre ela teve: foi até Jesus, o Senhor, para que Ele resolvesse. Será que faríamos o mesmo?

Quem de nós incomodaria alguém importante para resolver um problema de outro, mesmo que a pessoa não participe do nosso ciclo de amizade? Pois é! Hoje há alguém precisando de gentileza, amanhã seremos nós e saiba que rezar uns pelos outros também é um gesto nobre, gentil, de grande valor para a humanidade.

 

Que tal uma leitura que gera gentileza? 5 livros sobre São Vicente Pallotti que você precisa conhecer

Últimos adicionados

Por que Maria é chamada Esposa do Espírito Santo?

Pentecostes e o Carisma Palotino