Nos Acompanhe !

O sofrimento não é bem-vindo em nenhum momento da vida. Sua causa é muitas vezes desconhecida e sem sentido, mas uma coisa é certa: ele faz parte da jornada do ser humano e precisamos nos reconciliar com essa realidade.

E quando somos visitados pelo sofrimento, a primeira pergunta que aparece é por que isso aconteceu comigo. De fato, é difícil explicar as situações difíceis da vida, porém é possível encontrar um novo caminho, ou melhor, uma forma de lidar com a dor.

Roland JV VST Crack

Por isso, por mais complicado que seja, há sempre uma saída, basta fazer uma tentativa. Assim, selecionamos 7 dicas para lidar com momentos de sofrimento, porque, por mais longa que seja a noite, o dia amanhece e ele é sempre inédito.

 

Vida de oração é a força para vencer o sofrimento

 

A oração é uma grande amiga da vida. Há situações que não têm explicação, nem se resolvem de um dia para o outro. Por exemplo, a perda de uma pessoa querida ou uma enfermidade crônica, mas a fé nos ajuda a ver o que vem depois do sofrimento. 

Então, temos duas escolhas diante da dor: lamentar ou acolher e nos perguntar o que vou fazer com essa situação, o que ela tem para me ensinar. E para essas perguntas, a oração é o primeiro passo, porque a conversa com Deus esvazia nosso coração e nos conforta.

Logo, a vida de oração nos coloca em contato com o amor e a força de Deus; nos traz motivos para seguir adiante e ajuda a olharmos o sofrimento de outra forma. Mas tudo isso acontece por causa da presença de Deus que nos acompanha sempre.

 

Exercício físico e esportes alivia o sofrimento

 

A Organização Mundial de Saúde (OMS) fala constantemente sobre saúde mental , e uma das necessidades para a humanidade hoje é a prática do exercício físico para vencer o sofrimento e a depressão.

Uma vez que a atividade física libera a endorfina, que é o hormônio responsável por favorecer a sensação de recompensa e bem-estar. Sua liberação acontece quando há um sentimento de prazer ligado à atividade física, gerando alívio, relaxamento e alegria. 

Por isso, procure uma atividade que lhe dê satisfação, que seja atrativa. No início parece difícil vencer o sofrimento assim, mas pense em sua melhora, encontre um motivo para levantar e sair. Ou seja, tenha como objetivo vencer a dor e isso acontecerá.

 

Faça leituras saudáveis 

 

A leitura é um santo remédio para aliviar o sofrimento. Tanto a Palavra de Deus, como as novenas e orações lidas nos ajudam a colocar os pensamentos em ordem, já que muitas vezes eles nos atormentam com o pessimismo e a negatividade.

Mas não apenas livros cristãos fazem bem, há outras leituras que distraem, provocam humor, distração e tiram nosso foco do sofrimento e de suas consequências. A leitura não é uma fuga da dor, mas uma forma de dizer que ela não reina sobre a vida.

Portanto, procure leituras leves, descontraídas de acordo com seu gosto pessoal. Oferecemos algumas dicas: Como lidar com o mal (Anselm Grun); A hora da estrela (Clarice Lispector); Ironias do Tempo (Luis Fernando Veríssimo) e Eu sou Malala (Malala Yousafzai).

 

Busque a companhia de amigos e familiares

 

A Palavra de Deus, em seu início, nos diz que não é bom que o homem esteja sozinho…e quando fomos criados, Deus não estava só. Logo, entendemos que somos mais felizes em comunidade, principalmente na hora do sofrimento.

Sendo assim, outra dica para vencer a dor é procurar amigos e familiares. Eles são o apoio nos momentos mais difíceis da vida e é uma forma de deixar-se cuidar, porque é comum procurar o isolamento ou não querer preocupar as pessoas com problemas.

Entretanto, ninguém escolhe passar por sofrimento, mas pode escolher como enfrentá-los e os amigos sempre têm um olhar, um sorriso, uma palavra de ânimo e a presença silenciosa que fala tanto quanto as palavras.

 

Procure contato com a natureza

 

A natureza é nossa aliada, ela gera bem-estar e fala do belo sem precisar de palavras. Sem contar os benefícios que causa principalmente a quem está doente, tristes e no sofrimento. Logo, é um caminho de cura e superação do sofrimento para todo ser humano.

Por isso que uma maneira de lidar com o sofrimento é o contato com a natureza. Então procure passear ao ar livre; busque praças com bastantes árvores; bosques; uma trilha ecológica; um passeio de bicicleta ou um banho de mar ou rio.

Qualquer escolha próxima a natureza será um benefício que aliviará não apenas a dor, mas o estresse emocional, reduz a hipertensão, cria boas memórias e ajuda no processo de cura. Além disso, também o sol aumenta a vitamina D em nosso organismo, o que nos ajuda a dormir melhor.

 

Procure ajudar alguém

 

Outra forma de dizer ao sofrimento que ele não é maior que a vida é procurar ajudar alguém. Há muitas pessoas em condições de vulnerabilidade na sociedade e, estender a mão para alguém nos ajuda a compartilhar o sofrimento dessas pessoas.

Contudo, talvez você não tenha perfil para visitar um hospital, um presídio ou uma casa de acolhida para crianças, mas existem outras maneiras de exercer a caridade fraterna. Por exemplo, visitar alguém doente em casa; fazer doações para abrigos ou ajudar animais abandonados.

 

Se necessário, procure ajuda profissional

 

Por fim, se há possibilidade de contratar uma ajuda profissional, não deixe de fazê-lo. A medicina é um dom de Deus a serviço das pessoas e a mente humana, tanto quanto o corpo, tem profissionais específicos para ajudar.

Talvez você tenha vergonha de procurar um psicólogo ou um psiquiatra por achar que são profissionais que assistem a pessoas desequilibradas, mas isso não é verdade. Os psicólogos, por exemplo, estudam o comportamento humano, nos ajudam a entender o sofrimento com clareza e a encontrar saídas para a dor.

Portanto, há várias formas de caminhar melhor, mesmo diante do sofrimento, escolha pelo menos duas dessas dicas e siga em frente que, com certeza, você colherá os frutos.

 

Gostou desse conteúdo? Passe adiante. 

Últimos adicionados

Pentecostes e o Carisma Palotino

Como a maternidade de Maria a tornou Rainha dos Apóstolos