Nos Acompanhe !

A Palavra de Deus nos comunica com clareza quem  Ele é por mais de dois mil anos! Alguns se questionam como os cristãos acreditam em uma palavra tão antiga e escrita por homens.

No entanto, é pelo fruto que se conhece a árvore (cf.Mt.7,15). Assim, podemos responder aos questionadores com os frutos, porque não param de nascer novas experiências de fé a partir dessa mesma palavra.

Portanto, não vamos conversar sobre qualquer diálogo, história, conto de fadas, notícia de jornal, anúncio nas redes sociais, mas sobre um Palavra que comunica o maior acontecimento da história humana: a vida do Filho de Deus entre nós.

E é através do contato com a Palavra de Deus que as pessoas conhecem a Jesus e se tornam,também, filhos e filhas de Deus; experimentam a salvação; a evangelização acontece; essa se espalha e produz frutos de vida nova para o mundo e para a Igreja. 

Agora, vamos conhecer a força desta Palavra e sua ação evangelizadora!

 

Palavra de Deus – fonte de inspiração para um nova evangelização

 

“…mas a palavra do Senhor permanece eternamente (Is 40,6s). Ora, essa palavra é a que vos foi anunciada pelo Evangelho.” (cf. I Pd.1,24). A Palavra de Deus é fonte de inspiração para toda evangelização, segundo o apóstolo Pedro.

Mas por que ela é tão importante? É através dela que Deus se comunica conosco. Por meio das Escrituras, relembramos a história do povo de Deus até chegar à fé cristã e, com a leitura da Palavra de Deus, descobrimos o misterioso amor de Deus pela humanidade.

No evangelho de João diz: “No princípio era o Verbo, e o Verbo estava junto de Deus e o Verbo era Deus […] e o Verbo se fez carne e habitou entre nós” (cf.Jo.1,1-14). Esse é o anúncio da boa nova, a feliz notícia que transformou a história e dura até hoje.

Logo, é através do conhecimento da Palavra de Deus que a pessoa acolhe a fé, porque “a fé provém da pregação e a pregação se exerce em razão da palavra de Cristo” (cf. Rm.10,17), e assume a pessoa de Jesus Cristo como Senhor de sua vida.

Por isso, é fundamental anunciar a salvação através do anúncio da Palavra de Deus, porque ela nos comunica a vida em plenitude, ou melhor, como diz o Papa Bento XVI: “Deus Se dar a conhecer no diálogo, que deseja ter conosco.”

 

Quem pode anunciar a Palavra de Deus?

 

Antes de falar dos anunciadores da Palavra, vamos recordar onde encontramos a Palavra de Deus por excelência.

Segundo o Documento VERBUM DOMINI, a Igreja é “casa da Palavra” porque nela celebramos a sagrada liturgia, momento privilegiado de escuta da voz de Deus, quando Ele se comunica conosco no tempo presente. 

Assim, encontramos a Palavra na celebração eucarística; em todos os sacramentos – do Batismo até a unção dos enfermos; na liturgia das horas rezada no cotidiano; nos estudos bíblicos e nas animações dos grupos e pastorais.

De forma que a Palavra de Deus se torna um grande instrumento de evangelização na Igreja e, consequentemente, fora dela. Sendo que, todos aqueles que a escutam e deixam que ela chegue ao coração, se tornam anunciadores.

Portanto, todos podemos anunciar a Palavra de Deus, apesar de que a alguns foi confiada essa missão como uma vocação, por exemplo: os bispos, sacerdotes e a vida consagrada, mas,também, todo batizado é candidato a proclamar a salvação por meio das Escrituras.

 

Como tornar as Sagradas Escrituras mais conhecidas

 

Como estamos conversando sobre o anúncio através da Palavra de Deus, não tem como fugir do testemunho, porque ele é o primeiro veículo da evangelização. E o testemunho acontece com a acolhida da Palavra na vida.

Ou seja, ler – ouvir – apreender as Escrituras são ações transformadoras que refletem no nosso dia a dia sem precisar de qualquer pregação. Mas se alguém perguntar de onde vem a paz que você transmite, não tenha receio de responder: vem da Palavra de Deus.

Agora, muitos são os meios de comunicar a Palavra de Deus; há alguns antigos e outros novos, no entanto, todos funcionam bem. Por exemplo, as missões populares, as visitas porta a porta, os eventos na Igreja ou fora dela.

No entanto, existe o que São João Paulo II falou de uma nova evangelização, não em conteúdo, mas em métodos, tanto para os batizados que estão frios na fé, como para aqueles que não conhecem o amor do Pai anunciado em Cristo Jesus.

De forma que, é preciso anunciar a Palavra de Deus com uma nova força do Espírito Santo e com meios mais adaptados à realidade da sociedade de hoje. Por exemplo, o visual exerce uma atração incrível sobre as pessoas; como também a música e a arte.

Veja como evangelizar através das redes sociais!

 

Jesus Cristo é o mesmo!

 

O segredo da eficácia da Palavra de Deus está em seu conteúdo que nada mais é que a pessoa de Jesus Cristo. O Magistério da Igreja nos diz que o evangelho é o coração da Bíblia, porque traz sua mensagem mais importante.

Logo, conhecer a Cristo é aproximar-se de sua Palavra e vice e versa. Mas também é chegar perto do seu povo onde ele se encontra, atendendo ao apelo do Papa Francisco de uma Igreja em saída. 

Portanto, assim como a internet conectou o mundo, usemos também dela para evangelizar, já que a maior parte da população mundial se encontra nas redes sociais ou nos meios de comunicação tecnológicos.

Assim, não percamos tempo! Usemos os instrumentos atuais e adequados para alcançar todas as idades, porque o nosso conteúdo é poderoso como sempre: Ele é o mesmo que ama, cura e salva seu povo.

Vamos apostar em uma nova evangelização!

Últimos adicionados

Pentecostes e o Carisma Palotino

Como a maternidade de Maria a tornou Rainha dos Apóstolos