fbpx

Conheça a devoção dos Corações de Jesus e de Maria

Você conhece as devoções dos Corações de Jesus e de Maria? Certamente você deve ter ouvido falar ou visto uma imagem que represente essas devoções. 

Afinal, elas são bastante antigas e também muito populares. As duas datas são lembradas e celebradas no mês de junho. Inclusive, Nossa Senhora de Fátima disse, em uma aparição, que os Corações de Jesus e de Maria são o remédio para os males do nosso tempo. 

Portanto, entendendo a importância que essas devoções possuem, queremos te apresentar mais detalhes para você poder vivê-las em sua vida e ter um encontro real e verdadeiro com o amor de Deus e da Virgem Maria.

 

As devoções dos Corações de Jesus e de Maria são uma única solenidade?

 

Antes de dar mais detalhes sobre essas devoções, é importante mencionar que, embora a devoção ao Sagrado Coração de Jesus e do Imaculado Coração de Maria sejam celebradas em datas diferentes, elas podem ser consideradas uma só.

Uma acontece na sexta-feira seguinte à semana de Corpus Christi – a solenidade do Sagrado Coração de Jesus; e no sábado, a solenidade do Imaculado Coração de Maria. Portanto neste ano serão nos dias 24 e 25 de junho. 

Estando tão próxima uma da outra, percebemos a união única entre coração de Mãe e Filho que bate no mesmo ritmo, amando na mesma sintonia. 

 

Devoção ao Coração de Jesus 

 

Ao celebrarmos o Sagrado Coração de Jesus estamos adorando Seu amor misericordioso por nós. Pois, como explicou o Papa Pio XII na encíclica Haurietes aquas, o Coração de Cristo é “símbolo do tríplice amor com que o divino Redentor ama continuamente o Eterno Pai e todos os homens”. E, “esse amor é que o impele a fazer-se nosso advogado para nos obter do Pai graça e misericórdia”.

A revelação do profundo amor de Deus por nós, ecoou nos ouvidos de uma religiosa em 1673, durante uma celebração Eucarística. A mulher foi Santa Margarida Maria Alacoque, e ela ouviu: “Meu Divino Coração é tão apaixonado de amor pelos homens que, não podendo conter em si as chamas da sua ardente caridade, precisa da tua ajuda para difundi-las. Por isso, escolhi você para este grande desígnio”. 

Embora Margarida tenha vivenciado algo tão forte, a data só foi reconhecida muitos e muitos anos depois, em 1889, por Pio IX. Desde então, passou a ser celebrada sempre na primeira sexta-feira do mês após o Corpus Christi

O Papa Francisco nos recorda de sempre procurar colo e conforto no Coração amoroso de Deus: “o Coração humano e divino de Jesus  é a fonte onde sempre podemos haurir a misericórdia, o perdão, a ternura de Deus”.

Para viver da melhor maneira a devoção ao Coração de Jesus podemos sempre pronunciar a jaculatória: “Oh, Jesus, manso e humilde de Coração, fazei nosso coração semelhante ao Vosso”.

 

Devoção ao Imaculado Coração de Maria 

 

A devoção ao Imaculado Coração de Maria é mais recente e possui um propósito reparador. Ou seja, é uma devoção capaz de tratar as feridas causadas pela humanidade ao coração da Virgem Maria, encontrando a salvação para essas almas. 

Tudo começou na segunda aparição de Nossa Senhora, em Fátima, aos Pastorinhos, no dia 13 de junho de 1917. Nessa aparição, Nossa Senhora mostrou-lhes um coração ferido, envolto em espinhos, e disse que Jesus queria estabelecer no mundo a devoção ao seu Imaculado Coração. Mas não deu grandes detalhes e nem disse como fazer isso.

Sete anos depois, em uma nova aparição, Nossa Senhora revelou para Lúcia a ação reparadora que deveríamos fazer para reparar seu coração. 

Para praticar a devoção e reparar o coração de Maria, devemos confessar, rezar o terço, ter 15 minutos de meditação dos mistérios e receber a comunhão. Devemos fazer isso com consistência nos 5 primeiros sábados durante 5 meses seguidos.

 

Oração de devoção aos Corações de Jesus e de Maria 

 

Santíssimos corações de Jesus e de Maria,

unidos no amor perfeito,

como nos olhais com carinho e misericórdia,

consagramos nossos corações,

nossas vidas e nossas famílias a Vós.

 

Conhecemos que o belo exemplo de Vosso lar em Nazaré

foi um modelo para cada uma de nossas famílias.

Esperamos obter, com Vossa ajuda, 

a união e o amor forte e perdurável que Vós nos destes.

 

Que nosso lar seja cheio de alegria.

Que o afeto sincero, a paciência, a tolerância e o respeito mútuo

sejam dados livremente a todos.

 

Que nossas orações incluam as necessidades dos outros,

não somente as nossas,

e que sempre estejamos próximos dos sacramentos.

 

Abençoai todos os presentes e também os ausentes,

tantos os vivos como os falecidos;

que a paz esteja conosco, e, quando formos provados,

concedei a resignação cristã à vontade de Deus.

Mantende nossas famílias perto de Vosso Coração;

que Vossa proteção especial esteja sempre conosco.

Sagrados Corações de Jesus e de Maria, escutai nossa oração.

 

Amém.​

 

Por fim, devemos nos lembrar de nos entregar com amor e confiança nestas devoções para encontrar o remédio para os males do mundo e a salvação da nossa própria alma! 

Comentar

Compartilhar

EnglishPortugueseSpanish