fbpx

7 curiosidades sobre os milagres eucarísticos

Pão e vinho? Não mais! Porém, corpo e sangue de Cristo. Já conhecemos a hóstia consagrada e seu valor para a Igreja, mas o que nos dizem os milagres eucarísticos sobre esse assunto?

Com certeza, você já ouviu falar sobre o milagre eucarístico de Lanciano na Itália, ocorrido em 750 quando, no momento da celebração eucarística, o padre duvidou da autenticidade do acontecimento. Então, diante dos olhos do sacerdote, a hóstia se transformou em um pedaço de carne e o vinho em sangue.

Ou ainda, em 1264, em Bolsena, também na Itália, aconteceu outro fato extraordinário: outro padre, no momento da consagração eucarística, duvidou do que acontecia. E imediatamente, a hóstia sangrou e deixou o corporal sujo de sangue.

O Papa da época era Urbano IV que, após constatar o milagre, instituiu mundialmente a Festa de Corpus Christi, comemorada até hoje. Urbano ainda pediu a São Tomás de Aquino que escrevesse um hino em honra ao Corpo de Cristo: Tantum Ergo Sacramentum (Tão sublime Sacramento).

Mas há ainda muitos outros fatos como esses que não se esgotam neste post. No entanto, selecionamos mais dois e 7 curiosidades sobre os milagres eucarísticos para você conferir aqui! Vamos reafirmar a nossa fé no Corpo de Cristo.

 

Um dos milagres eucarísticos em Buenos Aires

 

O fato aconteceu em agosto de 1996 quando Cardeal Dom Jorge Bergoglio era arcebispo de Buenos Aires. Acontece que, após a Missa, uma senhora disse ao padre que havia uma hóstia em um candelabro atrás da Igreja.

Conforme a orientação litúrgica, o sacerdote colocou-a em um recipiente com água para dissolver e guardou no sacrário da capela. Passados alguns dias, ele viu com espanto que a hóstia se transformou em uma substância sangrenta. 

Imediatamente, ele comunicou o fato ao Cardeal Bergoglio que tomou as providências necessárias para proteger a hóstia e investigar o fato com o auxílio de médicos e autoridades competentes.

Após vários estudos médicos, em 2004, um renomado cardiologista chamado Dr. Zugibe, deu a seguinte declaração: “O material analisado é um fragmento do músculo cardíaco que se encontra na parede do ventrículo esquerdo, músculo que é responsável pela contração do coração…”. Mais um milagre eucarístico para o mundo!

 

Sokólka – milagres eucarísticos no século XXI

 

Este fato aconteceu em 12 de outubro de 2008, em Sokólka – Polônia, quando um sacerdote, ao distribuir a comunhão, derrubou uma partícula consagrada. Como orienta a Igreja, a hóstia foi colocada em uma vasilha com água para dissolver e deixada em lugar apropriado.

Com poucos dias, uma religiosa observou a hóstia e para sua surpresa viu no meio desta uma mancha arqueada com uma cor vermelha intensa, lembrando um coágulo de sangue, com a forma de uma espécie de partícula viva de um corpo.

Diante disso, o padre comunicou-se com o Arcebispo que providenciou a guarda da hóstia consagrada e, no tempo certo, a investigação do material encontrado. Então, em 2009 o Arcebispo ordenou que se fizessem análises pato-morfológicas e criou uma comissão eclesial para analisar o fenômeno. 

Logo o fragmento da hóstia foi analisado por dois profissionais da área de saúde, sem saberem do que se tratava. E os dois concluíram que a estrutura do fragmento da Hóstia analisada é idêntica ao tecido do músculo do coração de uma pessoa viva, mas em estado de agonia.  Mais um entre tantos milagres eucarísticos para o mundo.

 

Mas o que os milagres eucarísticos têm em comum?

 

Podemos até nos perguntar: por que esses fatos aconteceram? E não teremos nunca uma resposta exata, mas temos a certeza de que em cada hóstia consagrada está a presença real de Cristo vivo por inteiro.

Contudo, existem 7 curiosidades que acompanham todos os milagres eucarísticos e dão mais veracidade aos fatos. São eles:

#1 Tecido do miocárdio – fragmento do músculo cardíaco que se encontra na parede do  ventrículo esquerdo, músculo responsável pela contração do coração;

#2 Sangue AB – um tipo de sangue muito comum entre os judeus da época de Jesus;

#3 Homem de 30 anos – todos os dados comprovaram que o sangue pertencia a um homem nessa faixa etária;

#4 O fragmento analisado revela um estado de estresse – Segundo os cientistas, as células brancas do sangue penetraram no tecido, o que indica que o coração estava sob estresse severo, como se o proprietário tivesse sido espancado;

#5 Carne e sangue de uma pessoa viva – Os médicos encontraram glóbulos vermelhos, glóbulos brancos pulsando durante a análise, como se o material tivesse sido colhido direto de um coração ainda vivo;

#6 A maioria das vezes, aconteceu durante a santa Missa –  Os milagres eucarísticos aconteceram através de experiências com sacerdotes. Deus, em sua providência, confiou-os o ministério sagrado da celebração da santa Missa. No entanto, eles enfrentam a fragilidade da natureza humana quando duvidam, mas são os que mais podem convencer as pessoas da verdade deste sacramento;

#7 Todos foram analisados por cientistas – Em todos os casos, a análise do material passou pelos cientistas e eles disseram: “Este tipo de fenômeno não é explicável pelas ciências naturais”. E para a comprovação do milagre é necessário que a ciência faça sua parte, ou seja, fique sem explicações óbvias.

Dessa forma, podemos inclinar o coração para adorar a presença real de Jesus em cada hóstia consagrada e para aqueles que precisam de comprovação científica, a ciência afirma não ter explicação, logo temos um milagre!

E que todos digam: “Graças e louvores sejam dadas a cada momento ao Santíssimo e Diviníssimo Sacramento”.

 

Comentar

Compartilhar

EnglishPortugueseSpanish