fbpx

7 coisas que talvez você não saiba de Nossa Senhora de Guadalupe

No dia 12 de dezembro celebramos o dia que Nossa Senhora de Guadalupe fez sua primeira aparição. Já faz quase 500 anos, mas mesmo após tanto tempo, muitos fatos ainda são misteriosos para a ciência.

Nossa Senhora de Guadalupe apareceu no México, em 1531, para um índio chamado Juan Diego. Ela queria que um santuário fosse construído naquele local, então, pediu que o indígena recolhesse algumas rosas de Castela em seu manto e levasse ao arcebispo dom Juan de Zumárraga como prova das aparições. As rosas causariam estranheza, pois era inverno e as flores não são desse tempo.

Portanto, o indígena foi obediente e fez exatamente o que lhe foi pedido. Quando abriu a tilma, um manto feito com um tecido muito simples, o bispo viu as flores e algo que chamou ainda mais a atenção: a imagem de Nossa Senhora de Guadalupe gravada no pano. 

Esse é considerado um dos grandes milagres de Nossa Senhora de Guadalupe. Até hoje a ciência não consegue explicar como a imagem, com todos os seus detalhes foi parar lá.  Em razão dele, o papa Bento XIV a proclamou padroeira da América Latina em 1910, entretanto a data da sua aparição era comemoração litúrgica desde 1754.

Quer conhecer mais sobre a Virgem de Guadalupe? Então, continue a leitura para conferir 7 fatos sobre ela.

 

#1 O manto deveria durar 15 anos, mas já tem mais de 500

 

tilma é feita de um material muito simples, composta principalmente de fibras de cacto.  Segundo os especialistas, deveria durar pouco mais de 15 anos. Entretanto, já dura quase 500. Ninguém consegue explicar a vida longa desse pano.  

Além disso, o manto tem um toque áspero, menos onde a imagem de Nossa Senhora de Guadalupe está gravada. Nesse local, o tecido parece uma seda, macia e suave ao toque.

 

#2 O manto parece ser indestrutível

 

Além de durar muito mais do que o esperado, certamente uma simples tilma não sobreviveria a produtos químicos e nem a uma explosão de dinamite, mas esse é o manto de Nossa Senhora de Guadalupe. Por isso, sobreviveu aos dois fatos.

Em 1785, durante uma limpeza feita no vidro que protege o manto, um solvente de ácido nítrico caiu sobre grande parte da imagem, que deveria ter sido destruída. No entanto, em 30 dias, ela se restaurou sozinha e continua intacta até hoje. O acidente só é percebido por conta de pequenas manchas em algumas partes do manto.

Uma segunda prova de que a tilma é inabalável aconteceu em 1921, quando um homem colocou diante da imagem, na Basílica de Nossa Senhora de Guadalupe, um vaso de rosas com 29 cargas de dinamite.

A explosão destruiu muitas coisas ao redor. Para entender a gravidade, um crucifixo de bronze e os candelabros de metal que estavam ao lado da imagem se retorceram com a força do explosivo. Mas a imagem não sofreu nenhum tipo de dano e nem o vidro de proteção.

 

#3 – Há detalhes impressionantes nos olhos de Nossa Senhora de Guadalupe

 

O oftalmologista peruano Dr. José Alte Tonsmann analisou a imagem. Quando aproximou 2.500 vezes os olhos de Nossa Senhora de Guadalupe ele captou uma cena, como quando algo reflete em olhos humanos.

O reflexo parece ser do exato momento em que Juan Diego abriu o manto ao bispo. É possível ver 13 pessoas na imagem.

 

#4 – O Santuário da Virgem Guadalupe

 

O manto está preservado no Santuário de Guadalupe e intacto, recebe milhões de visitas por ano. Há diversas capelas no Santuário e duas basílicas, a do Sec. XVI e uma segunda de 1974.

 

 #5 – Relato completo

 

Todas as informações sobre as aparições constam em “Nican Mopohua” (“Aqui se narra”, em náhuatl). O documento foi escrito em 1556, por um político e estudioso indígena.

Outro conteúdo que sustenta a história, é “Informaciones Jurídicas” de 1666, um agrupamento de testemunhos de pintores, médicos e anciãos indígenas, elaborada visando pedir ao papa que instituísse a festa litúrgica de Nossa Senhora de Guadalupe.

 

#6 – Estudo científico 

 

Até o momento foram feitos quatro estudos sobre a imagem, entre os anos de 1751-1752, 1947-1973, 1979 e 1982. Os responsáveis por esses estudos foram 7 grandes artistas, um restaurador de arte e um biofísico. Nenhum deles encontrou respostas científicas para explicar. Além disso, o manto não possui pinceladas e naquela época muitas cores nem existiam ainda.

 

#7 – Há música na imagem de Nossa Senhora de Guadalupe 

 

É possível tirar uma melodia perfeita da imagem da Virgem Guadalupe. Para isso, é necessário observar as estrelas e flores do manto como se fossem notas musicais e delas, sai melodia.

O manto e a aparição de Nossa Senhora de Guadalupe possuem grandes mistérios, todos surpreendentes. Convidamos você a meditar sobre cada informação dita neste artigo e agradecer pelas belezas e graças que há em cada uma.

Continue atento ao nosso site, temos conteúdos riquíssimos para você alimentar sua espiritualidade e fé.

Comentar

Compartilhar

EnglishPortugueseSpanish