Jovem mulher: 9 livros para mulheres que você precisa ler

Há quem acredite que a jovem mulher se interessa unicamente por livros que tratam de moda, estética, bem-estar físico e mental, autoajuda e romance. Afinal, prova disso vemos em sites, blogs e tabloides que aconselham às mulheres leituras que abordam apenas essas temáticas.

No entanto, a leitura para as mulheres pode, e deve, ir muito além disso. Livros para mulheres devem ser aqueles que toquem na essência do que há de melhor na alma feminina, potencializando tudo que existe em seu coração. 

Portanto, se você buscar por livros assim, confira essas dicas que separamos para você!

 

A mulher sacerdotal

 

Com simplicidade e humildade, a autora dirige-se a outras mulheres, confiando-lhes o que ela pôde partilhar com muitas outras em encontros e conferências. 

Sendo assim, Jo Croissant convida a jovem mulher a realizar no seu dia a dia aquilo que cada uma é chamada a ser: filha de Deus, esposa de Cristo, mãe de homens, da humanidade.

 

O Livro da vida

 

Esta é a autobiografia de Santa Teresa D’Ávila, Doutora da Igreja. Nesta obra, ela nos ensina o amor a Deus e ao próximo, a vida sobrenatural de oração e de fé, nos estimula o exercício das virtudes. Logo, o texto é fruto do seu encontro com Deus.

 

A mulher que muito amou

 

Neste livro, a autora Emmir Nogueira uniu três figuras bíblicas: A pecadora perdoada, Maria de Betânia e Maria de Magdala. Todas elas refletem a alma que, em meio à luta contra o pecado, busca a Cristo como Esposo. 

Além disso, a autora dá vida literária à Maria Madalena, que nos mostra que o nosso lugar é aos pés do Senhor.

 

História de uma alma

 

Toda jovem mulher não pode deixar de ler os manuscritos autobiográficos de Santa Teresinha do Menino Jesus. A História de uma alma, foi publicado um ano depois de sua morte, em 1898, e é até hoje um dos livros mais recomendados para os católicos. 

Afinal, o testemunho de Santa Teresinha nos ensina que podemos ser fiéis ao Senhor nas pequenas coisas. Na sua vida cotidiana, nos acontecimentos aparentemente mais insignificantes, ela nos mostra a grandeza do perfeito seguimento do Senhor.

 

Mulieris Dignitatem – (A dignidade da mulher)

 

Esta é uma carta apostólica de São João Paulo II dedicada a falar sobre a vocação e a dignidade da mulher. 

O documento, publicado em 1988, traz importantes e necessárias reflexões, profundas e reveladoras, que podem contribuir muito para a espiritualidade da jovem mulher.

 

A imitação da Santíssima Virgem

 

Imagine você poder meditar e se aprofundar em cada palavra dita por Nossa Senhora. Isso é possível, pois esta obra apresenta um conteúdo profundo, que nos induz a meditar cada palavra dulcíssima da Virgem Imaculada. Portanto, escrito pelo Abade D’Herowille, o livro nos estimula a reconhecer toda culpa e miséria que carregamos, e ainda buscar – com terno amor – a humilhação e pequenez à exemplo de Maria. 

Sendo assim, a jovem mulher é convidada a refletir como ela agia, como amava, como era oculta. Tais características reluzem desta que nada queria, para que somente a vontade de Deus fosse cumprida.

 

A mulher na escola de Maria

 

Este livro oferece a cada mulher a oportunidade de ter a Virgem Maria como guia e mestra. Afinal, diante de tantas virtudes que Maria carrega, diante do seu amor incondicional a Deus, ao seu santo esposo e ao seu Divino Filho, temos em Maria Santíssima a verdadeira dignidade feminina, a sua missão e os seus valores. 

Sendo assim, com Maria aprendemos a permitir que a vontade divina encontre em nossos corações uma morada agradável. 

 

Maria falando ao coração das donzelas

 

Esta obra é formada por uma série de meditações, no qual, o autor, Abade A. Bayle, apresenta o desejo da Santíssima Virgem para com os seus leitores, dirigindo-se de maneira especial à jovem mulher católica. 

Portanto, as meditações são organizadas para serem feitas ao longo de um mês, de modo que cada dia há uma sentença a ser lida e meditada. 

O texto apresenta-se com uma linguagem em que, a própria Santíssima Virgem, dirige conselhos aos leitores. Além disso, o livro também apresenta uma seleção das principais orações da mulher cristã, e é um compêndio das principais virtudes e mortificações requeridas para uma vida interior mariana, com vistas a alcançar a santidade.

 

Mulher, o último elo – A sexualidade e a teologia do corpo

 

Os autores Eurico A. Malagodi e Kátia S. M. Braga desenvolveram um conteúdo profundo sobre a sexualidade. Contudo, uma sexualidade vivida de forma positiva, fazendo um verdadeiro hino à maravilhosa vida criada por Deus. 

Desse modo, partem dos dados científicos sem desprezar a fé, vencendo o grande equívoco do tempo presente. Este, que tem como objetivo tentar desconhecer o sentido espiritual da vida humana, e considerar a pessoa apenas parcialmente.

 

Gostou destas dicas de leitura? Então, que tal compartilhar com suas amigas?!

Comentar

Compartilhar

EnglishPortugueseSpanish